24 de out de 2016

no rio de janeiro
o passeador, de
luciana hidalgo







em belo horizonte
tempo de poesia e a poesia do tempo,
com claudia roquette-pinto e sérgio alcides


A poeta e tradutora Claudia Roquette-Pinto e Sérgio Alcides, professor da UFMG, crítico literário e poeta, são os convidados da edição de outubro do projeto Literaturas: questões do nosso tempo. Dia 26 de outubro, às 20h, com entrada gratuita.

Teatro de Bolso do Sesc Palladium
Rua Rio de Janeiro, 1046 - Centro
Classificação: livre
Retirada de ingressos 30 minutos antes do evento. Espaço sujeito à lotação
Duração: 180 minutos




em são paulo
germana zanettini: sarau gente de palavra
apresentação: davi kinski &
rubens jardim








em curitiba
luci collin lê transverso, de
marcos pamplona



No Ornitorrinco
Rua Benjamin Constant, 400 - Centro




em niterói
múltiplo um, de maria helena latini
& aquatempo, de wanda monteiro


Maria Helena Latini e Wanda Monteiro convidam para o lançamento de suas Sementes Líricas Múltiplo Um e Aquatempo, publicadas pela LiteraCidade Editora. O evento de lançamento, que faz parte da Agenda Cultural da cidade de Niterói, será realizado no Solar do Jambeiro, no dia 26 de outubro de 2016, às 19h, onde as escritoras receberão seus leitores, amigos e público em geral para uma sessão de autógrafos. A programação oferece ao público um número musical com o Duo de Cordas, com os músicos Calvin Sucena e Samuel Hamilton e apresentação de cenas poéticas com os poetas Jorge Piri e Betina Kopp, que farão a leitura de textos dos livros das autoras.

Wanda Monteiro, escritora e poeta é uma amazônida, nascida às margens do Rio Amazonas, no coração da Amazônia, em Alenquer no Estado do Pará, Brasil. Reside há mais de 20 anos no Estado do Rio de Janeiro, mas só sente-se em casa quando pisa no solo de terra natal. Advogada e mãe de três filhos, nunca se afastou de sua vocação. Além de escrever, exerceu a atividade de revisora e de produtora editorial durante muitos anos. Participou de vários projetos editoriais de pesquisa histórica, realizados no Estado do Pará e sempre publicou seus textos literários em revistas literárias, blogues e sites. Nos últimos anos, a escritora tem se dedicado exclusivamente à literatura, com muitas obras literárias ainda não publicadas. Participa, como colaboradora, de vários movimentos culturais de incentivo à leitura, em várias regiões do Brasil, e publicou dezenas de seus textos poéticos na Antologia Poesia do Brasil do Proyecto Sur, participando  dos volumes IX, XI, XIII, XV. lançados no Congresso Brasileiro de Poesia, no Rio Grande do Sul. Publicou O Beijo da Chuva (2009, poesia), Anverso (2011, poesia) e Duas Mulheres Entardecendo (2014, romance, em parceria com  Maria Helena Latini).

Maria Helena Latini nasceu em 30 de janeiro de 1959, em São Gonçalo. Aos três anos, migrou para Rio de Janeiro e de lá foi para Niterói, onde mora há 40 anos. Publicou Roteiros de Vida (1991), Ângela e Antônio (1992; segunda edição ampliada, 2011), Fio de Prumo (2006) e Duas Mulheres Entardecendo (2014, romance, em parceria com  Wanda Monteiro). Integra as antologias Água Escondida (1994), Urbana (2001), Poesia Sempre, Biblioteca Nacional (2006), Revista Comunità Italiana (2006), Saciedade dos Poetas Vivos (2009), Um Brinde à Poesia (2014), Entretextos 2 (2015). Para teatro escreveu Afropoemas (roteiro), Dois Monólogos Entrelaçados, O que é Poesia (infantojuvenil) e Histórias do Mar.




em luanda
emma — a menina triste,
de vítor burity da silva


Rua da Missão, Morro Bento - Corimba