23 de fev de 2016

em belo horizonte
sarau dos dez anos do espaço
cultural letras e ponto


No sábado, 27 de fevereiro, o Espaço Cultural Letras e Ponto comemora seus dez anos de existência com um sarau que reunirá mais de vinte artistas. As atividades começam às 10h com oficinas de desenho para crianças e prosseguem à tarde com uma feira de livros, leitura livre de poemas, performances, apresentações musicais, tudo recheado com muito papo bom e confraternização. A entrada é franca. O LEP fica na Rua Aimorés, 388/Conj. 501, esquina com Rua Ceará - Bairro Funcionários.
 
Fundado e dirigido pela escritora Dagmar Braga, o LEP já acolheu mais de 3000 pessoas nesses dez anos de intensas atividades. Oficinas literárias, lançamentos de livros, saraus, debates, apresentações teatrais e sessões comentadas de cinema, fazem do espaço um núcleo de difusão do conhecimento e um dos raros nichos de manifestações artístico-culturais independentes, totalmente livres de interesses outros que não a da real expressão de seus autores e/ou protagonistas. O preço dessa independência é caro: sem qualquer tipo de apoio ou patrocínio, o Letras e Ponto resiste pela incrível persistência de Dagmar. Agora surge uma nova perspectiva: um grupo de artistas, escritores, músicos, poetas, se une em torno do projeto de manter e criar novo fôlego para que o LEP continue vivo e atuante. A ideia é fazer com que, a partir de 2016, o espaço seja cada vez mais ocupado, oferecendo ao público uma programação diversificada e de alto nível.

"O Letras e Ponto é o local do encontro, da parceria, da cultura e da alegria". Sérgio Fantini, contista.
 
"O LEP é um oásis em meio ao deserto em que se transformou a cena artístico cultural de BH". Rodrigo Leste, ator e poeta.

Programação do Sarau dos Dez Anos do LEP

. de 10 às 12h - Oficina infantil 1 - Cristina Arruda, desenho para crianças e Oficina infantil 2 (poesia com colagem) - Norma de Souza Lopes e Adriane Garcia.

. 14h - Abertura da Feira de Livros
Depoimento de Dagmar Braga sobre os 10 anos do Letras e Ponto. Rafael Carvalho, Sérgio Fantini e outros autores falam por cinco minutos cada um sobre seus novos livros.

. 14h30 - Apresentação musical, por Paulo Sérgio Thomaz (com Ana Elisa Ribeiro e Adriane Garcia).

. 15h - Sarau coletivo, participação livre (com Branca Maria de Paula, Jeter Neves, Francisco de Morais Mendes, Rômulo Garcias, Sérgio Fantini, Adriane Garcia, Dagmar Braga, Ana Gusmão e outros. Mestre de cerimônias: Rodrigo Leste).






para fugir dos vivos,
de eltânia andré &
eles não moram mais aqui,
de ronaldo cagiano


Lançamento dos livros Eles não moram mais aqui, de Ronaldo Cagiano (contos) e Para fugir dos vivos, de Eltânia André (romance). Ambos editados pela Patuá. Dia 27 de fevereiro às 11 h.

Quixote Livraria e Café
Rua Fernandes Tourinho, 274 – Savassi
Tel.: (31) 3227-3077





em portugal
flanzine número onze: língua
[edição especial com autores brasileiros]



25 de fevereiro | 21h30 | Correntes D'Escritas | Hotel Axis Vermar | Póvoa de Varzin





ar de arestas,
de ozias filho


Exposição de fotografias de Ozias Filho, denominada Ar de Arestas, inspirada no poema homônimo do poeta brasileiro Iacyr Anderson Freitas. A exposição estará patente no Palácio dos Aciprestes — Fundação Marquês de Pombal, em Oeiras, no sábado, dia 27 de fevereiro, às 16 horas. Na ocasião, haverá leituras de partes do poema que originaram as fotografias e ainda um pequeno momento musical.

O Palácio dos Aciprestes fica na Av. Tomás Ribeiro, nº. 18 - Linda-a-Velha

Apoio: Fundação Marques de Pombal | António Moreira, Serigrafia Artística | PA Produções Artísticas





em são paulo
intelecção de textos em língua estrangeira
casa guilherme de almeida








no rio de janeiro
estação das letras
atelier de leitura e criação
com angela carneiro


Com o objetivo de ampliar a formação de leitores críticos e criativos, o atelier terá uma leitura mensal profunda de um livro de alto valor literário e a realização de pesquisas sobre o autor e ambiente do enredo. Criação de textos inspirados nas leituras realizadas. Leitura individual e coletiva, oral e silenciosa. Debates modificadores. Leituras sugeridas: O Carteiro e O Poeta (ou Ardente Paciência) de Antonio Skarmeta; Trem Noturno para Lisboa, de Pascal Mercier; Passageiro do Fim do Dia, de Rubens Figueiredo; Pai Patrão, de Gavino Ledda; A Elegância do Ouriço, de Muriel Barbery; A Rua das Ilusões Perdidas, de John Steinbeck; Encontro de Turma, de Fred Ullman; Anarquistas Graças a Deus, de Zelia Gattai; As Palavras, de Sartre; Como Água para Chocolate, de Laura Esquivel; Cinco Quartos da Laranja, de Joanne Harris; Desvarios no Brooklin, de Paul Auster; Ensaio sobre a Cegueira, de José Saramago; O Nobre Senhor Kingsblood, de Sinclair Lewis.

Profª. Angela Carneiro – Escritora, tradutora e ilustradora de livros infantojuvenis. Ganhadora do Prêmio Jabuti. Graduada em Pedagogia, Artes Plásticas e em Línguas Estrangeiras; Mestre em Educação. Escreveu mais de 30 livros infantojuvenis, inúmeros artigos em jornais e um livro digital para adultos chamado Café com Biscoitos, além de ser uma das autoras do site Brincando na Rede do grupo Santander, onde criou uma história a ser desenvolvida coletivamente.

De 08/03 a 21/06 (terças-feiras) | das 10h às 12h  | 4x R$ 350,00 | taxa de matrícula: R$ 50,00.

As inscrições já estão abertas aqui www.estacaodasletras.com.br e pelo tel.: (21) 3237-3947.





em tatuí, sp
imagem & haicai