8 de jun de 2015

em são paulo
até nenhum lugar e pig brother,
de ademir assunção


Pig Brother e Até nenhum lugar, os dois novos livros de Ademir Assunção, em lançamento da Editora Patuá, são universos poéticos opostos e complementares.


Pig Brother, poema longo, narrativo, dividido em 7 círculos e 66 cantos, apresenta um mundo em ruínas, povoado por personagens barra-pesadas, que se movimentam num cenário marcado pela brutalidade e pela falta de sentido, descrito com imagens aterradoras. Uma distopia trash metal. Uma viagem xamânica. Uma descida aos infernos contemporâneos.

Até nenhum lugar, com poemas curtos escritos ao longo dos últimos 30 anos, apresenta percepções marcadas pelo zen budismo e por viagens a diversas cidades, serras e praias do Brasil. "Um livro feito de filigranas finamente entrelaçadas umas nas outras. Peças de diminuta e minuciosa ourivesaria", nas palavras do crítico Amador Ribeiro Neto.

O caráter antagônico e complementar dos dois livros, trabalhados ao longo de anos por Ademir Assunção, é representado nas capas criadas por Leonardo Mathias, cada uma formando a metade de uma figura que se
completa quando colocadas lado a lado.

Juntos, os dois volumes esticam a corda tensa e, ao mesmo tempo evanescente, que vem se desenrolando
em toda a poesia de Ademir Assunção. Depois de A Voz do Ventríloquo, ganhador do Prêmio Jabuti de 2013, o poeta retorna a cena com este duplo lançamento, apontando novos caminhos em sua linguagem poética.

O lançamento nacional será realizado dia 09 de junho (terça-feira), a partir das 19 h no Bar Canto Madalena - Rua Medeiros de Albuquerque, 471 - São Paulo.

PIG BROTHER
136 páginas – R$ 37,00

ATÉ NENHUM LUGAR
100 páginas – R$ 28,00

Editora Patuá
Vendas pelo site: www.editorapatua.com.br

Clique aqui para ver a página do evento no Facebook.





no rio de janeiro
lugar [exposição],
de fábia schnoor








chico buarque,
sinal aberto
org. sylvia cyntrão