10 de jun de 2016

em recife
escrever ficção não é bicho-papão,
de cícero belmar, cleyton cabral, gerusa leal,
lucia moura e raimundo de moraes



Quem tem medo do Bicho-Papão?

Cinco autores se reunindo para conversar, opinar sobre seus textos e os textos dos outros, fazer exercícios e tentar aprimorar seus estilos. E, claro, ninguém é de ferro: o trabalho duro fica mais suave com alguns goles de vinho e alguns petiscos ao longo da noite. Assim é a rotina quinzenal do Autoajuda Literária, que está completando seis anos de existência e comemorando o lançamento do seu segundo livro: Escrever ficção não é bicho-papão.

Os componentes do grupo — Cícero Belmar, Cleyton Cabral, Gerusa Leal, Lucia Moura e Raimundo de Moraes — são autores premiados e com bastante experiência em oficinas de escrita criativa. Escrever ficção não é bicho-papão foi aprovado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) e chega às livrarias com uma proposta inédita no Brasil, no que se refere às dicas de como dar os primeiros passos numa carreira literária. São seis autores (cinco do Autoajuda e o autor convidado Fernando Farias) com seis estilos diferentes, como se dentro do mesmo livro estivessem outros — tudo isso acompanhado de um audiobook nas vozes de Hilda Torres e Marcos Sugahara.

O pré-lançamento do Bicho-papão está marcado para 14 de junho, às 18h, no Sesc Santa Rita. Nesse dia, o jornalista Ney Anderson conversa com o Autoajuda. Ney, por sinal, teve a ideia de fazer uma oficina literária on-line que acabou resultando nesse projeto aprovado pelo Funcultura. Quem não puder ir ao lançamento da terça, tem uma oportunidade de pegar os autógrafos na quinta 16, às 19h, no Pátio Café.

Escrever ficção não é bicho-papão marca também o início das atividades do Autoajuda Literária como editores. É a primeira publicação das Edições Geni. O selo deverá seguir uma linha editorial investindo em livros em formato pocket e a preços mais acessíveis.



Serviço
Lançamentos do livro Escrever ficcção não é bicho-papão – Edições Geni.
Dia 14/06 às 18h, no Sesc Santa Rita, bairro de São José.
Dia 16/06 às 19h, no Pátio Café, Av. Rui Barbosa 141, Graças.
O livro vem com audiobook nas vozes de Hilda Torres e Marcos Sugahara.
Capa e arte do selo: Java Araújo.
Preço: R$ 25,00 | 150 págs.





em belo horizonte
histórias naturais,
de marcílio frança castro







no rio de janeiro
eros e psiquê, píramo e tisbe e
outros amores da mitologia grega,
de maria clara cavalcanti


Histórias da Grécia Antiga que falam muito sobre o amor contemporâneo
Livro reúne narrativas da mitologia clássica que têm o enlace amoroso e a paixão como temas centrais

LANÇAMENTO NO DIA 11/06, NA BLOOKS LIVRARIA, RIO DE JANEIRO

Apesar de terem nascido muitos e muitos séculos atrás, os mitos da Grécia Antiga ainda estão presentes em nosso cotidiano. Olhando bem, dá para dizer que as peripécias de deuses e semideuses, ninfas, monstros e titãs ainda iluminam o modo como os mortais vivem e matam, desejam e lutam, amam e desamam. Mais do que modelos primitivos, os personagens da cultura clássica representam, até hoje, uma enorme gama de histórias fascinantes, repletas de surpresas, reviravoltas e revelações sobre o mundo à nossa volta.

Algumas dessas histórias estão reunidas em Eros e Psiquê, Píramo e Tisbe e outros amores da mitologia grega. São, como o nome já indica, narrativas que têm o enlace amoroso como tema central — embora não passem ao largo de outros assuntos palpitantes, como inveja, amizade, vingança, vaidade.

A escrita saborosa de Maria Clara Cavalcanti, exímia contadora de histórias, narra as paixões e desavenças dos mitos de forma a torná-las acessíveis aos leitores de hoje — preservando, porém, seu teor original. E as ilustrações de Kako ajudam a lançar ares contemporâneos às aventuras e paixões vividas em passado tão remoto. Desse modo apresentam personagens como Psiquê, a moça que, de tão bela, desperta inveja até em suas irmãs; Clítia, a náiade que experimenta uma paixão não correspondida por Hélio, o deus Sol; Narciso, jovem belíssimo e indiferente ao amor; Hermafrodito e Sálmacis, que, num susto, acabam fundidos num só corpo.

São histórias que, quando lidas, fazem acender lembranças, conexões, curiosidades e a inquietante sensação de déjà vu. Porque, afinal, o caso de Píramo e Tisbe e seus encontros clandestinos parece antecipar, em séculos, o desencontro trágico de Romeu e Julieta. Ou porque o desejo de Hades pela filha de Deméter, a deusa da Agricultura, explica seu sequestro durante alguns meses do ano — e, com isso, os tempos ruins de todas as colheitas.

Para além de uma convidativa coletânea de histórias de amor, Eros e Psiquê, Píramo e Tisbe e outros amores da mitologia grega é uma forma de observar como a mitologia clássica ajudou a moldar o mundo como o conhecemos hoje. Entender essa relação é, também, um convite a construir um olhar crítico sobre o cotidiano e a cultura ocidentais. Como afirma a professora Miriam Sutter, na apresentação, este livro “nos ensina que os mitos sempre dizem algo sobre nós mesmos”.

Serviço
Data: 11 de junho, sábado
Horário: a partir das 15h
Local:  Blooks Livraria,
End.: Praia de Botafogo, 316 - Botafogo
Tel.: (21) 2559-8776




em são paulo
1 minuto
festival permanente do minuto







mulheres diabólicas (1995),
de claude chabrol,
por fernando brito