22 de out de 2015

em são paulo
inventário das sobras,
de esther proença soares








em porto alegre
um facho de sol como cachecol,
de petrônio souza gonçalves








no rio de janeiro
autoficção: escrita e memória
pessoal, por ana letícia leal




Em novembro, Autoficção: Escrita e Memória Pessoal vai ser tema de oficina na Estação das Letras. A doutora em literatura, autora do juvenil Meninas inventadas, Ana Leticia Leal, tem o objetivo de despertar objetivamente para o que vivemos. Ao lembrar, inventamos? Quem somos senão quem decidimos ser? Considerando o texto de autoficção aquele que parte da memória pessoal para a escrita criativa de si, incentiva-se o apagamento da dicotomia verdade-ficção. Alguns exercícios têm como objetivo mobilizar a memória e podem aproveitar textos confessionais guardados em casa, fotografias ou objetos significativos. O principal é que se preste atenção no que a memória pessoal oferece para a prática literária que, mesmo quando se quer autobiográfica, é um verdadeiro faz de conta.

De 07/11 a 28/11 (sábados) | das 10h às 13h | R$ 330,00

As aulas acontecem na Marquês de Abrantes, 177, no Flamengo.

Inscrições abertas no site www.estacaodasletras.com.br e pelo tel. (21) 3237-3947.





paixão de ler 2015
viva a carioquice!




A Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro realizará de 05 a 12 de novembro a 23ª Campanha Paixão de Ler. Essa campanha foi inspirada no projeto "La Fureur de Lire", importante estratégia de incentivo à leitura lançada na França, pelo então Ministro da Cultura, Jacques Lang, em 1982.

A Paixão de Ler é o projeto mais duradouro da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e tem conquistado muitas adesões. Este ano abordará a temática VIVA A CARIOQUICE!, cuja proposta pretende homenagear a cidade, seus escritores e poetas, nascidos ou adotados. Cinco linhas de trabalho foram traçadas:

Rio 450 anos,

narrativas da cidade,

saraus e sua poética maravilhosa,

a mulher: musa e escritora

e o samba e seu enredo.

No período de 5 a 12 de novembro, será vivenciada uma ampla e diversa programação cultural apresentada nas múltiplas linguagens artísticas não só nas bibliotecas populares municipais da cidade do Rio de Janeiro, mas também nos centros, teatros e lonas culturais, arenas cariocas e em outros locais públicos ou privados que tenham interesse em aderir à campanha.

Para participar com atividades que possam se integrar ao tema proposto, os interessados poderão mandar suas propostas para análise para o email paixaodeler.culturapresente@gmail.com até o dia 30/09/2015 a fim de que possam ser incluídas na programação oficial do evento.

Mais informações:





em belo horizonte
palestra com o
prof. marco elizio de paiva