19 de mai de 2014

em niterói
negócio do livro é tema de curso inédito




Niterói recebe diretor de Marketing de um dos maiores grupos do país para desvendar os bastidores de um mercado que se revela cada vez mais promissor

Cerca de 50 mil títulos diferentes de livros são comprados, por mês, nas livrarias brasileiras. Destes, os 500 mais vendidos representam um terço dos negócios do mercado nacional, de acordo com dados publicados pela Nielsen, instituto multinacional de pesquisa que audita este mercado no Brasil. A competição é evidente também nas listas de mais vendidos, onde autores disputam o interesse leitor, especialmente do jovem leitor em formação: nomes como os de Paula Pimenta, Eduardo Spohr, Patricia Barbosa, Carina Rissi, entre outros, vendem dezenas ou centenas de milhares de exemplares.

"Muito se fala que o brasileiro não lê, mas o mercado brasileiro do livro vem crescendo. Basta notar a expansão de redes como Saraiva, que abriu nova loja este ano no Plaza; Travessa, com novidade em Botafogo e, em breve, no interior de São Paulo; Vila, que depois do Estado de São Paulo chegou a Curitiba; Leitura, originalmente de Minas, seguindo para o Nordeste e também inaugurou loja no Rio. Outras, como a Nobel, se expandem junto com shoppings para áreas mais periféricas", avalia Bruno Zolotar, diretor de Marketing do Grupo Editorial Record, responsável pelo curso Introdução ao mercado do livro e ao marketing editorial para autores, estudantes e profissionais do setor, que será realizado pela primeira vez em Niterói (RJ), nos sábados 31 de maio e 7 de junho, no Instituto Cultural Germânico, de 9 h às 12 h.

O objetivo do curso é dar um panorama da realidade desse mercado e das técnicas utilizadas para ganhar visibilidade num cenário onde o marketing pode mudar o destino de um livro. "Formaturas Infernais, por exemplo, era um livro de contos, gênero que vende pouco, com um conto de Stephenie Meyer, a autora de Crepúsculo, e mais outras quatro escritoras. Como era direcionado ao público jovem, usamos blogs e a força da internet para colar no público que tinha lido a saga dos vampiros e isso fez com que uma obra que passaria desapercebida virasse best seller e entrasse nas lista dos mais vendidos, na época", exemplifica Zolotar.

As listas fazem parte do programa  do curso, assim como a mudança do perfil delas em relação ao passado, já que hoje, as redes, principalmente as com lojas em shoppings têm mais influência e mudaram o perfil do que é lido.  Segundo Zolotar, apesar de uma certa desconfiança por parte do público, as listas são uma radiografia do que o brasileiro lê. "Cada jornal ou site tem um critério, mas no geral elas são feitas da mesma forma e consideram as maiores redes e uma ou outra livraria independente mas que tenha prestígio. O que é preciso para ser publicado? Como fazer um best seller? Quais os canais de vendas para livros? Quais são as técnicas mais usadas para divulgar um autor? A proposta deste curso é dar um panorama sobre o negócio do livro no Brasil e as técnicas de marketing mais usadas no mercado editorial.

Depois de já ter apresentado o curso no Rio de Janeiro e em São Paulo, em conjunto com entidades como a Câmara Brasileira do Livro, o Publishnews, ou em universidades, entre elas a PUC-Rio, Candido Mendes e FGV, Bruno Zolotar explica por que escolheu Niterói.

"Quando apresento o meu curso no Rio, sempre tenho uma boa parte de alunos de Niterói, São Gonçalo ou do interior do Estado. Niterói é hoje uma cidade grande, com boa parte da população com grande interesse em cultura, uma das maiores universidades públicas do país, muita gente que trabalhando em editoras, além de ser uma cidade que tem autores como Claudia Lage, Sergio Tavares, Pedro de Luna, Marco Lucchesi e tantos outros. Estava mais do que na hora de fazer aqui, que, aliás, é a cidade onde moro".


O PROFESSOR

Bruno Zolotar é diretor de Marketing do Grupo Editorial Record, responsável pelo marketing e eventos de 14 editoras. Formado em publicidade pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com pós-graduação em marketing, gestão de negócios, produção editorial e marketing digital, dá aulas na pós-graduação em editoração da Candido Mendes (Ucam), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio),  e em cursos promovidos pelo Publishnews, pela Câmara Brasileira do Livro e pela Estação das Letras.



SERVIÇO

Quando: 31 de maio e 7 de junho (sábados)
Horário: de 9 h às 12 h
Onde: Instituto Cultural Germânico – ICG (Avenida Sete de Setembro, 131 – Icaraí)
Inscrições  a partir do dia 5 de maio no próprio ICG.
Informações no (21) 2714 0879 ou pelo www.cursomarketingdelivros.com
Investimento: R$ 300,00 (em até duas vezes) e desconto de 50% para estudantes

Assessoria de Imprensa
Andrea Drummond – dea@cantodotrabalho.com
(24) 9 8824-1512